‘Nos encontraremos’, diz filha de Paulinho, do Roupa Nova, após a morte do pai

‘nos encontraremos’, diz filha de paulinho, do roupa nova, após a morte do pai

A cantora Twigg, filha do vocalista do Roupa Nova Paulinho, se manifestou pela primeira vez nas redes sociais, na madrugada desta terça-feira 15, após a morte do pai. Ela publicou uma imagem do símbolo de luto no Instagram e escreveu:

“Nos encontraremos”. A artista continuou a homenagem demonstrando o quanto apreciava o cantor.

“Meu amor por toda a eternidade, nos encontraremos, meu pai, porque somos um só, e uma metade sempre encontra a outra. Que Deus te receba como você merece.

Te amo mais que demais”, completou. Twigg já vinha homenageando o pai com fotos antigas dos dois em seu perfil desde quando ele estava internado em estado grave.

Artistas como Chitãozinho, Xuxa Meneghel, Daniel e Jorge Vercillo, se solidarizaram. Paulinho morreu aos 68 anos de idade, na última segunda-feira 14, em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, doença causada pelo coronavírus.

Ele foi internado em 3 de novembro, quando ainda estava em recuperação de um transplante de medula óssea autólogo –no qual as próprias células-tronco do paciente são usadas– para tratar de um linfoma.

O músico deu boa resposta ao tratamento, recebeu alta no fim de setembro e foi terminar sua recuperação em casa, no Rio de Janeiro. No entanto, foi diagnosticado com o vírus e teve de ser internado novamente.

O Roupa Nova vinha atualizando com frequência as informações do estado de saúde do cantor.

De acordo com a assessoria de imprensa do grupo, o artista, que permaneceu intubado por mais de um mês, chegou a apresentar “melhora constante”, mas depois seu quadro se agravou.

A banda também homenageou Paulinho nas redes sociais. “As luzes do palco se apagaram. Infelizmente o nosso querido Paulinho não resistiu. Ele veio a falecer de falência de múltiplos órgãos após ser acometido pela infecção do vírus Covid 19.

Paciente decorrente de outras comorbidades, entre elas um transplante de medula óssea devido a um linfoma, ele teve uma parada cardiorrespiratória hoje, que levou à parada dos órgãos.

Nossos agradecimentos a todos que oraram e pediram por ele. Deus o receba de braços abertos”.

 Agora RN

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *