No primeiro ato como presidente, Lira invalida registro do bloco de Baleia Rossi

arthur lira No primeiro ato como presidente, Lira invalida registro do bloco de Baleia Rossi

Na primeira decisão como presidente da Câmara, o deputado Arthur Lira (PP-AL) invalidou o registro do bloco do adversário na disputa, Baleia Rossi (MDB-SP), anulando a escolha dos cargos realizada nesta segunda-feira (1º), baseada na proporcionalidade vigente.

Lira convocou para esta terça-feira (2), às 16h, eleição para escolher os cargos pendentes, como primeiro e segundo vice-presidentes e os quatro secretários.

“Considerando que ainda não é conhecida a vontade deste soberano plenário quanto à parte equivocada do presente pleito relativas aos demais cargos da mesa diretora afetados pela proporcionalidade, decide esta Presidência tornar sem efeito a decisão que deferiu o registro do bloco PT/MDB/PSDB/PSB/PDT/Solidariedade/PCdoB /Cidadania/PV e Rede”, disse.

Lira qualificou o bloco de Baleia Rossi de “intempestivo” e decidiu considerar apenas a situação vigente até 12h desta segunda, o que retira o PT da disputa. Além disso, invalidou as cinco primeiras escolhas de cargos feitas na reunião de líderes realizada e determinou nova escolha para os cargos ainda não eleitos até 11h desta terça (2).

Também desconsiderou as candidaturas registradas para os cargos e determinou novo prazo para candidatura até 13h desta terça. Com isso, as cinco primeiras escolhas ficariam com o bloco de Lira, e a sexta caberia ao PT.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *