Na Grande Natal, prefeitos se preparam para anunciar candidato ao Governo

Notícias

A menos de cinco meses das eleições, os grupos políticos começam a ganhar contornos de uma formação definitiva para a caminhada eleitoral deste ano. Na disputa ao Governo do Estado, contar com o apoio de prefeitos pode ajudar e muito na hora de colocar o voto na urna e decidir o nome do futuro governador.
Prefeitos de todas as cidades são cortejados, não importa a distância até a capital, tamanho da cidade ou da população. Todos são bem-vindos nesse período, quando sabemos ser de grande valor cada presença em cima do palanque e cada apoio declarado. Apesar disso, existem aquelas cidades onde o impacto pode ser maior. Na região da Grande Natal, contar com o sim dos gestores municipais pode significar muita coisa no dia 2 de outubro.
Na última semana, as conversas sobre o apoio de um líder político desta região ao projeto de reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT) ganharam destaque e provocaram declarações nos bastidores políticos do RN. O prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César Câmara, conhecido aliado do ex-governador Robinson Faria, acabou atraindo os holofotes para si após uma visita ao gabinete da Governadora.
O encontro, que rendeu foto nas redes sociais, provocou o movimento do grupo de oposição, que até então poderia se sentir possuidor do apoio de Júlio César, fiel escudeiro do ex-governador e de seu filho, o ministro das Comunicações, Fábio Faria.
A agenda oficial que levou o prefeito cearamirinense ao Centro Administrativo tratava de uma audiência onde o prefeito iria pleitear melhorias e benefícios para a cidade que ele administra e seu povo. Isso, ele mesmo precisou divulgar em suas redes, após ser “agredido com textos, áudios e vídeos por blogs e políticos”. Júlio César é forte no município e conta com o apoio massivo da população, que nas últimas eleições, depositou 81% dos votos válidos para ele. Esses números podem fortalecer ainda mais o apoio à Fátima Bezerra, que também é querida e goza da confiança do povo de Ceará-Mirim, dado que em 2018, ela obteve lá, 60% dos votos no primeiro turno e mais de 73% no segundo.
“A resposta deles quem vai dar é o povo nas urnas. Na hora certa o povo de Ceará-Mirim mostrará a esses poderosos que vivemos num país livre e democrático e temos direito de decidir o nosso futuro”, disse Júlio César Câmara em mensagem nas suas redes sociais.
Em entrevista recente ao portal da 98 FM Natal, o prefeito de Ceará-Mirim lembrou que já foi eleitor de Fátima Bezerra, inclusive nas eleições passadas, e não descarta falar sobre política com ela. “não tenho problema algum de conversar política com ela. Já votei nela para senadora em 2014 quando votei em Robinson governador e Fábio Dantas vice. Votei nela também no 2º turno em 2018”, disse Júlio, que deve anunciar oficialmente seu candidato ao Governo até o próximo mês de junho.
Outro líder de grande colégio eleitoral que pode oferecer apoio a candidatura de Fátima é o prefeito Emídio Júnior, de Macaíba. Filiado ao PL, que recentemente recebeu o presidente Jair Bolsonaro e grande parte dos seus aliados no Brasil e também no Rio Grande do Norte, Emídio não parece estar disposto a deixar o barco, mesmo com o partido, liderado pelo deputado federal João Maia, abraçando a oposição.
Emídio recebeu a governadora Fátima Bezerra (PT) no fim do mês de abril. A dupla parecia em perfeita sintonia na pauta institucional que contou com a presença de deputados governistas – Francisco do PT e Isolda Dantas. Mais recentemente, há exatamente uma semana, o líder macaibense foi recebido pela governadora no Centro Administrativo.
Estas duas cidades são destaques na população eleitoral do estado, e têm potencial muito grande de decidir uma eleição. Vale lembrar que, nas eleições de 2020, Ceará-Mirim e Macaíba, tinham, respectivamente 53.136 e 50.091 eleitores, totalizando mais de 100 mil votos potenciais, ou seja, mais de 4% do eleitorado potiguar.
NOVO NOTICIAS
Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

source

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.