Mulher que matou namorada com quase 100 facadas em João Pessoa é presa e acusada de praticar outro homicídio

Foi presa na manhã desta segunda-feira (22) Marilene da Silva Ramos, 45 anos, que matou a companheira dentro de um apartamento no bairro de Gramame em João Pessoa com quase 100 facadas.

Segundo informações do perito criminal Rodrigo Farias, foram contabilizadas cerca de 95 perfurações de faca no corpo da vítima. “Pelo tórax, abdome, pescoço, braço, pernas e rosto”, afirmou. Ele ainda disse que foi coletado material para “exames complementares”.

A prisão ocorreu dentro de uma pousada na cidade de Campina Grande (PB). Marilene ainda dopou mãe e sobrinho da vítima.

De acordo com a Polícia Civil da Paraíba, Marilene da Silva Ramos já tinha um mandado de prisão em aberto pelo assassinato de um homem no Rio Grande do Norte

A mulher foi levada para a Delegacia de Homicídios de João Pessoa onde vai ser autuada pelo crime.

Polêmica Paraíba

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *