“Canetada” da Prefeita de Almino Afonso; reportagem de jornal potiguar aponta que nova gestora resolveu nomear “apaniguados, papagaios e familiares … e ignorou concurso público realizado no município.

De acordo com matéria divulgada no Jornal de Fato, de Mossoró, o município de Almino Afonso está vivendo uma situação inusitada e igualmente polêmica, e que exige posição firme e, até urgente, das instituições responsáveis pela transparência da coisa pública.

É que a nova gestão municipal, iniciada em 1º de janeiro deste ano, está contratando dezenas de pessoas para preenchimento de cargos da máquina pública em detrimento dos aprovados no concurso público municipal, que foi homologado no dia 30 de novembro de 2020 pelo então prefeito Waldênio Amorim (PSB).

Segundo os concursados, a situação é grave sob o ponto de vista legal e/ou à luz da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

É que os servidores contratados pela prefeita Jéssica Amorim (MDB), sobrinha do ex-prefeito e filha do deputado estadual Bernardo Amorim (Avante), não cumprem critérios exigidos por lei. Os beneficiados com emprego são apontados como correligionários e eleitores da prefeita.

São mais de 70 profissionais aprovados no concurso público e nenhum deles foi chamado até aqui. Para se aprofundar nas informações, confira a publicação no site do referido jornal mossoroense, clicando AQUI.

politicapauferrense

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.