Cachaceiro Lula sugere “golpe” para tirar Bolsonaro do poder

Notícias

O ex-presidente Lula (PT) voltou a citar nesta sexta-feira (29) a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU como prova de que a Lava Jato existiu apenas para impedir sua candidatura a presidente em 2018.
Lula ainda alegou que o mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL) deveria ser “revogado”.
“O correto seria revogar o mandato do Bolsonaro e me colocar na Presidência. Como já está no fim, eu também não quero no fim. Então, que deixe ser que as eleições sejam democráticas, porque nós vamos ganhar e governar esse País”, disse o petista em entrevista à Rádio Jornal de Pernambuco.
“A decisão da ONU mostrou a falácia do que foi o processo contra mim, a decisão de não me deixar ser candidato e a decisão de me prender. Ontem, a ONU deu um chute nisso e mostrou a pouca-vergonha que foi feita para evitar que o Lula fosse Presidente da República em 2018”, afirmou.
A determinação da inelegibilidade foi um dos argumentos utilizados na queixa protocolada pela defesa do ex-presidente, em 2016, no Comitê de Direitos Humanos da ONU.
Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

source

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.