Bando que fraudou R$ 1 milhão do auxílio emergencial é alvo da PF

WhatsApp Image 2021 04 06 at 07 Bando que fraudou R$ 1 milhão do auxílio emergencial é alvo da PF

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta terça-feira (6), a Operação Checker. O objetivo é desmantelar esquema de fraudes no recebimento do auxílio emergencial do governo federal e identificar possível envolvimento de organização criminosa. Pelo menos 12 agentes da PF cumprem dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão, em Umuarama (PR). O golpe deu prejuízo de cerca de R$ 1 milhão às vítimas e ao governo.

Segundo a PF, para fraudarem o auxílio, os criminosos faziam uso de programas de computador geradores de CPFs e softwares chamados “checkers”, que indicavam os titulares aptos a receberem o benefício.

Ainda de acordo com as diligências policiais, os saques eram feitos diretamente no caixa eletrônico, na agência bancária, ou então, quando em valores maiores, por meio de transferência do sistema PIX.

Estima-se que o prejuízo causado às vítimas das fraudes, bem como aos cofres públicos, apenas pelos levantamentos iniciais, seja próximo a R$ 1 milhão, sem considerar outros potenciais envolvidos, o que será possível investigar a partir da análise dos materiais apreendidos.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *