Atriz, Cássia Kis se arrepende de aborto e diz na Globo que “defende a vida”

Notícias

Cássia Kis participou do programa Encontro, da Globo, nesta quinta-feira (12/5), e admitiu se arrepender de ter cometido um aborto, segundo ela, em 1985. Ao comentar dois de seus trabalhos mais marcantes, Pantanal e Barriga de Aluguel (ambas as novelas dos anos 1990), a atriz contou que, hoje, “defende a vida” e tenta convencer grávidas a não interromperem a gestação.
“Aquilo [Maria Marruá em Pantanal, na Manchete] me trouxe uma coisa que foi incrível, porque eu pari pela primeira vez. Meu primeiro filho eu tive em 1995. Eu tenho um filho de 27 anos. Apesar da minha idade, meus 65 anos, eu tenho um filho que acabou de fazer 18 e todo mundo pensa que é meu neto. Antes, eu tive essa experiência dentro de um projeto, e logo em seguida em fiz Barriga de Aluguel. Foram dois projetos que trouxeram a questão da maternidade de maneira muito forte para mim”, declarou Cássia Kis.
Fátima Bernardes questionou de que forma as novelas mudaram a percepção da convidada sobre a questão da gravidez. A atriz, que tem quatro filhos, revelou que não defende mais o aborto.
“Eu pensei muito, porque em 1985 eu tinha feito um aborto. Eu fiz o aborto. Não foi um aborto espontâneo. Isso mudou muito na minha vida. Quer dizer, hoje eu sou uma madrinha que defende a vida, que protege a vida. As mulheres que querem fazer aborto eu corro atrás para não fazer”, afirmou ela.
Metrópoles
COMENTE AQUI

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

source

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.